Comissão de vereadores visita Avícola Luna e Frigovale para apurar denúncias de irregularidades

por arp publicado 24/03/2016 11h45, última modificação 24/03/2016 11h45

Uma comissão formada pelos vereadores Josias Albuquerque (PTB), Moisés Machado (PDT), Fabiano Leão (PMDB), Edvânio do Zé Baixinho (PTB), Adalberto Saturnino (PMDB), Rogério Nezinho (PMDB) , Sérgio do Sindicato (PPS) e das vereadoras Gilvânia Barros (PMDB) e Graça Lisboa (PDT), visitou as instalações da empresa Avícola Luna, no Sítio Laranjal, zona rural de Arapiraca na tarde desta quinta-feira (17), depois da tribuna livre na terça-feira (15), quando moradores denunciaram a infestação de moscas que tem prejudicado a comunidade.

Mesmo a empresa tendo a licença ambiental para funcionar pelo Instituto de Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento vai realizar vistoria todos os meses para verificar o manuseio de inseticida para a higienização durante o processo de abatimento de frangos.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Ivens Barboza, também fez parte da comissão e se comprometeu em manter uma fiscalização para evitar a proliferação de moscas nas casas dos moradores do Sítio Laranjal.

Outra vistoria feita também pelo mesmo grupo de vereadores foi no Conjunto Residencial Brisa do Lago, cujo objetivo era constatar o mau-cheiro provocado pelo frigorífico FrigoVale.

Os vereadores afirmaram que o odor ainda continua devido aos tanques séries que armazenam os desejos depois que o animal é abatido, mas a empresa já está no processo de instalação de peneiras que irá filtrar restos das vísceras e evitar que se acumulem nos tanques. AVigilância Sanitária do município também acompanhou a visita ao conjunto.

Os moradores avisaram aos vereadores que o odor é mais forte no início da manhã e no final da tarde.

Amanhã, sexta-feira (18), às 9h00, acontece no plenário da Câmara Municipal de Arapiraca, uma assembleia convocada pelo presidente da Associação dos Servidores da Câmara Municipal de Arapiraca (Ascama), Josivaldo Rodrigues (Branco), com os servidores ativos e inativos da Casa.

Segundo Branco, nesta assembleia será discutido o reajuste salarial da categoria que tem como data-base, primeiro de maio, como também mudança do estatuto da entidade.

 

Da Assessoria de Comunicação Social da Câmara Municipal de Arapiraca: Cláudio Roberto.

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.