Léo Satunino vai convocar audiência pública para discutir a segurança nas barragens de Arapiraca

por arp publicado 26/01/2019 20h36, última modificação 26/01/2019 20h36

Preocupado com a tragédia que aconteceu na tarde desta  sexta-feira (25), com o rompimento da  barragem IV no Córrego do Feijão em Brumadinho, em Minas Gerais, que até  o momento, deixou um saldo de nove mortos  segundo autoridades da Defesa Civil do Estado, e deixou desaparecidas cerca de 200 outras pessoas, em sua grande maioria de funcionários da Mineradora Vale o presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Léo Saturnino (MDB), informou que vai convocar na próxima segunda-feira (26), uma audiência pública envolvendo os Ministérios Público Federal e Estadual, Defesa Civil, Prefeitura, Universidades, Secretarias Estaduais  e Municipais do Meio Ambiente, IMA e entidades não-governamentais, para discutir o assunto, uma vez, que em Craíbas, também há uma mineradora, a Vale Verde e é preciso discutir também o assunto. Segundo Léo Saturnino, esta audiência pública ainda não há uma data, mas que vai iniciar na próxima semana o convite as autoridades competentes.

Ainda de acordo com o presidente do Legislativo de Arapiraca, nesta audiência pública, deverá ser discutido o plano de ação da Mineradora Vale Verde, com as perspectivas com possíveis desastres e quais os cuidados com esse assunto.

Bastante preocupado com as tragédias que aconteram em Mariana e agora em Brumadinho, Léo Saturnino, também disse que vai discutir nesta audiência pública, a situação das barragens em Arapiraca, principalmente a Barragem de Bananeiras, para evitar tragédias.

“Como representantes do povo e presidente de um Poder Legislativo, não poderia deixar de convocar meus companheiros vereadores, que também comungam com o mesmo pensamento que o meu e ainda as autoridades, para discutir um assunto de tão grande importância”, concluiu Léo Saturnino.

 

Da Assessoria de Comunicação Social da Câmara Municipal de Arapiraca: Cláudio Roberto.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.